[ IT Management ] IT&T Cost Assessment

Uma nova ferramenta desenvolvida pela Bug BusterS ajuda seus clientes a identificarem, controlarem e diminuirem custos relacionados à TIC (Tecnologia das Informações e Comunicações). Através de um sistema simples e eficiente, os consultores da Bug BusterS estão levantando todos os custos de seus clientes e ajudando com eficiência e eficácia, na redução de custos e otimização dos recursos disponíveis.

Existe uma grande diferença em empresas que possuem um gerenciamento adequado da TIC, suportados por profissionais especializados em tecnologia e em negócio e que podem realmente implementar a tão falada Governança de TI e as empresas que contratam pela indicação de alguém que conhece um excelente “técnico” com um grande conhecimento na área.

Gerenciar a TIC é basicamente quando o gestor se preocupa em adquirir e implementar as soluções que são, muitas vezes, levantadas ou solicitadas pelos próprios usuários que se mantém informados sobre novas soluções, mantendo boa disponibilidade, mínimo de segurança e coordenando os projetos e parceiros seguindo as orientações que um bom coordenador de projetos teria com relação aos custos, recursos, prazos, qualidades entre outros. A governança de TIC vai bem além disso, deve garantir que os investimentos são feitos de maneira conjunta com o planejamento estratégico da empresa. Governar a TIC é não simplesmente aguardar que as áreas de negócio gerem necessidades ou solicitações, mas se envolver com os processos e necessidades da empresa de maneira ativa e buscar dentro de cada processo ou objetivo individual das áreas, como a TIC poderá suportar cada necessidade, de maneira que elas alcancem seus objetivos e a empresa obtenha o sucesso almejado. Esse é o conceito de ser uma área de suporte e não uma área de atividade fim, mas é essa também a forma como a TIC conseguirá potencializar seu verdadeiro valor e colaborar com o sucesso da organização.

A maioria das grandes empresas já aprenderam o potencial e o real papel da TIC, porém, as médias e pequenas empresas ainda a vêem como uma área de custos e perdem a possibilidade de, abrindo os olhos para o grande potencial da TIC, gerar diferenciais competitivos sustentáveis e sair na frente da concorrência. As médias e pequenas empresas, pela visão de custos, ainda adotam profissionais técnicos, e sem a correta formação para entendimento do negócio, para dizerem como devem conduzir a área de tecnologia. Dessa forma, perdem a possibilidade de ouvirem um gerente de TIC e acabam gerando custos desnecessários ou não investindo onde o retorno é certo e lucrativo, acabam cobrindo um buraco e não tendo a tranquilidade de que suas informações estão seguras.

É para atender a esta necessidade, da pequena e média empresa poderem contar com gestores qualificados para direcionarem os investimentos em TIC de maneira adequada, sem absorver um custo interno de um profissional deste calibre, que a Bug BusterS criou o Gi2 (Gestão Inteligente da Informação), onde gestores especializados em diversos segmentos, poderão auxiliar a empresa a conduzir adequadamente a TIC de maneira que a mesma suporte as necessidades da empresa e propiciem, além de diferenciais competitivos, tranquilidade e segurança.

Ótima Semana.