Outsourcing: A nova tendência mundial.

Hey All,

Um artigo sobre Outsourcing escrito por Marcello Bosio (Consulting & Services Director da Hitachi Data Systems) no boletim da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software).

Enjoy

——————————————————————-

Antigamente, ser um especialista era ter um enorme valor agregado para as empresas. No entanto, nos dias de hoje, com a evolução dos modelos de gestão, o volume de informação e a velocidade das atualizações tecnológicas, as empresas passaram a buscar profissionais com um perfil mais generalista e que por meio deste conhecimento consigam detectar e resolver problemas com a ajuda da sua rede de fornecedores e parceiros.

No cenário atual, quando o desafio de reduzir os custos é enorme, gestores vêm sendo pressionados a cada vez mais eliminarem custos fixos, reduzirem equipes e ainda mantê-la motivada para que tenha melhor desempenho, realizando todo o trabalho em menos tempo e com maior eficiência.

E é dentro desse contexto que surge o que chamamos de serviços gerenciados. Essa estratégia, considerada tendência mundial, apresentou-se como uma saída às empresas, ajudando executivos a endereçarem algumas de suas principais preocupações: a redução de custos fixos e constantes investimentos de suas equipes com atualizações tecnológicas. Mas além desses pontos, há alguns outros fatores que precisam ser levados em consideração:

• Aumento da demanda do negócio: as constantes auditorias exigem que as informações estejam sempre acessíveis, tendo maior disponibilidade e desempenho;

• Ambientes mais complexos: os novos modelos de negócios aumentam a exigência dos SLAs & SLOs;

• O peso dos sistemas legado: muitas empresas sofrem fusões e/ou ao longo dos anos não realizam atualização tecnológica de seu parque instalado. Com isso, ainda hoje têm gastos com a manutenção do ambiente antigo;

• Assegurar metodologias consistentes na prestação de serviços: as ferramentas que a empresa possui permitem rápida, rigorosa e precisa implementação de serviços, minimizando interrupções em seu meio de produção e reduzindo os riscos provocados por erro humano;

• Baixa utilização: desperdício de recursos de TI que poderiam ser alocados para outras necessidades.

Além disso, o provedor de serviços, por meio de sua experiência em diferentes ambientes, ajuda a empresa a incorporar novas práticas e aperfeiçoar as já existentes, dividindo seu conhecimento.

Existem inúmeras oportunidades e serviços inovadores que podem permitir às organizações retomarem seu nível de agilidade e competitividade, sem incidir em custos fixos e sem exigir da equipe tarefas extras. E para uma boa escolha da empresa prestadora de serviço é importante prestar atenção no portfólio da companhia contratada, pois seus serviços e treinamentos devem agregar valor para o negócio, acima de qualquer modismo, além de ter certeza do conhecimento e se a mesma possui o foco em determinado segmento, o que normalmente garante melhores resultados por meio das melhores práticas empregadas na área de atuação.

Fonte: Boletim ABES

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: