• COMPARTILHE !

    Bookmark and Share
  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 1 outro seguidor

  • Twitter

    • Encerrando mais um dia longo e muito proveitoso! A Bug BusterS participou como Apoiadora do 8° encontro do Grupo de Parceiros Empreendedore… 2 weeks ago
    • A Bug Busters Tecnologia marcou presença em mais um encontro GPESP, apoiando empreendedores de São Paulo em somar … ift.tt/2sqbMus 2 months ago
    • @zohocares Help me to get my referral bonus. All "green checks" are ok but the Credited Status don't! administrador @koumei.com.py 3 months ago
    • @zoho Didn't give the referrals ! Our customer send a referral to another company, the second did everything but they didn't credit it ! 3 months ago
    • Ataque mundial em massa ! É bom nos acostumar com isso ! Antes uma camada mais simples de antivirus era suficiente… ift.tt/2q9XvzV 4 months ago
  • RSS Blog Pessoal – Wellington Watanabe Filho

    • 5 dicas de empreendedores para unir inovação ao lucro 03/05/2011
      Olá PessoALL, Estava pesquisando um pouco sobre inovação e me deparei com um artigo da Ernst & Young que eu já havia replicado no passado. Lições que com certeza continuam válidas. ——————————- “Com base nos relatos dos empreendedores, a Ernst & Young destacou ainda as cinco lições para conectar inovação e lucro. Confira: 1. Não [&hellip […]
    • Leitura: Recomendação de leitura sobre Inovação 29/04/2011
      Olá PessoALL, Estava revendo alguns posts antigos de um outro blog e achei um artigo publicado por um amigo e professor, que tive o prazer de conhecer durante o MBA na FAAP, Maurício Andrade de Paula, sobre o tema inovação. Na mesma linha do Waldez Ludwig, o Maurício traz a tona a importância de começarmos [&hellip
    • Depoimento de José Galló, CEO da Renner, sobre empreendedorismo ! 26/04/2011
      Hi All, É sempre bom rever um vídeo com o depoimento do José Galló, CEO da Renner, sobre a importância e o que seria, na visão dele, o “empreendedorismo” e sua importância para o país. Com certeza uma visão que só acrescenta ao tema, com o peso da experiência de um profissional com a bagagem [&hellip
    • Smarter Planet – IBM por um planeta mais inteligente 19/04/2011
      Sempre inovando, a IBM mantém um programa com o objetivo de promover a sustentabilidade através da aplicação da tecnologia em todo o planeta, buscando idéias mais inteligentes e efitivas. A Smarter Planet é uma visão da IBM que visa um disseminar novas maneiras de interação tecnológicas para o progresso do planeta. Cada interação representa a chance [&he […]
    • [Artigo] Quantas opções você fornece ao seu cliente ? 15/04/2011
      Todo empreendedor deve ser um vendedor na maior parte do tempo, por isso, seguirão alguns posts sobre dicas de vendas e marketing para ajudá-los a se manter atualizados. Para os executivos de negócios, acreditam que, mesmo em outras áreas, o que importa para sua empresa é algo diferente de vendas ? Atualizem-se, mudem o discurso, [&hellip

Dicas para comprar tecnologia nas Pequenas e Médias Empresas

Estava pesquisando sobre esse assunto pra ver se era uma coisa já “batida” na Internet ou se seria de valor para os empresários que nos acompanham saber algumas dicas sobre este tema. Como não encontrei nada com o foco que queria, vamos às considerações.

Como sabem, somos uma empresa de tecnologia, então, vender produtos e serviços, avaliar necessidades reais, orientar os clientes em suas compras, é uma GRANDE parte do nosso trabalho. O que ocorre, e que normalmente brinco com nossos clientes no pré-venda de nossos serviços de assessoria e no pós-venda quando o fato ocorre, é que seremos nós, os fornecedores, que normalmente diremos: “Calma, será que sua empresa realmente precisa disso ?”.  Ninguém acredita até a primeira vez. Nós não mantemos um departamento de vendas de “ferragem” como chamamos, ou seja, o foco da Bug BusterS não é ganhar dinheiro com venda de hardware e software, como vendemos consultoria em gestão de TI, não podemos ter um conflito de interesse e “empurrar” produtos aos clientes se, de fato, não precisarem deles.

Alguns pontos que trago aos nossos clientes para terem certeza de sua compra e para definir qual o melhor produto para seus negócios.

. Será que o produto que quer comprar é o mais necessário para o momento ou é uma compra por impulso ?

Com essa questão, remetemos o cliente a avaliar o seu PETI (Planejamento Estratégico de TI). Como um princípio básico da administração, é importante manter e consultar seu planejamento na tomada de decisões. O PETI mantém uma análise aprofundada de todo o parque tecnológico da empresa, apontando todas as necessidades de TI, desde as mais básicas como upgrades em algumas estações, até a implementação de uma extranet para oferecer aos vendedores externos acesso às informações de negócio, ratificando o objetivo do negócio de aumentar o marketing share naquele ano.

Em suma, é importante consultar sua lista de necessidades primárias para fugir de compras por impulso e investir naquilo que vai dar os melhores resultados para a empresa.

. Se é importante e necessária a compra, quais os benefícios reais que essa solução deve trazer e como irá medir os resultados ?

Neste quesito, trazemos a reflexão sobre quais os benefícios a solução deverá trazer ao negócios. Essa reflexão é importante para definirmos como vamos medir, o que e a quem deveremos cobrar para que o investimento traga o retorno esperado para o negócio. Se escolheu investir em uma solução de segurança, por exemplo, deverá saber o quanto sua empresa se beneficiará para conseguir medir o retorno sobre este investimento e é importante saber como irá medir, para que tome as medidas complementares que garantirão o sucesso desta nova solução.

O que mais vemos, é o empresário fazer um investimento que julga necessário, mas os responsáveis pela implementação não possuem visão do negócio suficientes para alertar e assessorar o cliente nos passos adicionais que deverão ser dados para que a solução proposta traga de fato benefícios para a empresa. Como no exemplo, uma solução de segurança deve cobrir itens como Termo de Uso de Recursos Tecnológicos para instruir os usuários sobre o uso da TI, o que pode ou não pode ser feito, levantamento sobre quais recursos serão ou não liberados, para quais usuários, etc. É mais fácil dizer pro cliente que ele precisa de uma Firewall, que irá “pegar” os usuários que estão navegando em orkut, facebook, etc, ao invés de orientá-lo que os primeiros passos são para aumentar a maturidade da empresa sobre como ela utiliza os recursos disponíveis.

. Qual a melhor solução para as necessidades da empresa ?

Uma vez sabendo que o investimento é necessário, quais são e como iremos medir os resultados e tendo analisado todas as ações adicionais que a empresa deverá tomar para garantir o retorno sobre o investimento, chega a hora de escolher a solução. Marca ? Características ? Suporte ? Garantia ? Preço ? O famoso, “meu amigo disse que é bom” ? Ou aquele “sei que meu concorrente utiliza”  ? Que tal um pouco de tudo ?

Investimento: A escolha da melhor solução está baseada em um conjunto de vários fatores. Se sabemos como vamos medir, temos uma idéia de qual o retorno que a empresa terá, e isso torna possível uma visão da capacidade de retorno financeiro desta solução. Por exemplo, se uma solução de controle de Internet (segurança) trouxer 15% de produtividade para o escritório, é possível saber quanto isso significa em valores para a empresa e é com esses números, somados à capacidade de fluxo de caixa da empresa, que deverá ser tomada a decisão de investimento.

MARCA, SERVIÇOS, GARANTIA, SUPORTE, entre outros itens serão tratados nos próximos artigos. Aguardem !

Abraços e ótima semana a todos.

Enjoy !

Wellington Watanabe Filho

——————————————

Perguntas, comentários, críticas, opiniões, qualquer coisa:

ENTRE EM CONTATO: consultor@bugbusters.com.br

ou

11 5572-0044

Anúncios

Como evitar que estranhos peguem carona em sua conexão Wi-Fi

Fonte: PC World

Compartilhar a conexão banda larga sem fio não é seguro e ainda pode criar um gargalo para você. Ativar o filtro MAC pode ser a saída.A dica a seguir ajuda a solucionar problemas em redes Wi-Fi com sinal fraco, mas algumas pessoas têm o problema oposto: seus roteadores oferecem um sinal forte o suficiente para ir além das suas ‘quatro paredes’. Nesses casos, é possível que vizinhos importunos e indesejados estejam pegando carona em seu acesso da internet.

Mesmo que você não se importe em compartilhar, pode ser que seu plano de banda larga tenha limite mensal de utilização. Serviços de torrent – ainda mais compartilhados, podem fazer você estourar sua cota mensal.

Segurança – Se alguém além dos limites desejados consegue captar o sinal de sua rede sem fio, pode, também ser capaz (desde que saiba como!) ter acesso a seus arquivos e dados se quiserem.

Uma maneira básica de impedir isso é colocar uma senha em sua rede wireless e adotar algum tipo de criptografia – a maior parte dos roteadores wireless atuais oferece diversos tipos de criptografia; sugerimos usar a WPA.

Tal método pode ser insuficiente, por exemplo, se seus filhos resolverem contar para os amigos a senha da rede Wi-Fi, quem sabe para conectar algum console sem fio.

Para resolver isso, você pode acrescentar habilitar um mecanismo de segurança adicional que os roteadores sem fio oferecem. Trata-se do filtro de endereços MAC, disponível a partir na aba se configurações de segurança do roteador.

Os endereços MAC são um conjunto único de números em hexadecimal que identifica cada um dos equipamentos de tecnologia. O PC, o notebook e qualquer outro dispositivo que possa ser ligado em rede possui um endereço MAC único.

Você terá que gastar alguns minutos para descobrir cada um deles. Nos PCs, isso pode ser feito, por exemplo, digitando ipconfig no prompt de comando do Windows.

De posse dos endereços MAC de todos os equipamentos que poderão ter acesso à sua rede Wi-Fi, entre na configuração do roteador e cadastre cada um deles lá.

Dessa maneira, apenas os equipamentos cadastrados poderão usar os recursos da rede Wi-Fi, mesmo que a senha seja de conhecimento de outras pessoas.

Photo credit
Wifi: John Kounadeas

———————————————————————————–

Não sabe se a sua rede sem fio está segura ? Sua rede anda pegando vírus sozinha ? Conexão esta lenta ? A rede trava sem explicações ?

Peça uma consultoria gratuita para a Bug BusterS. Enviaremos especialistas para fazer um levantamento sobre a situação atual da rede de sua empresa ou escritório e lhe passaremos as soluções para resolver seus problemas.

LIGUE AGORA: 11 5572-0044

[Artigo] O anti-spam tem um lado ruim?

malwares

Hi All !!!

Participo da Rede Social da Revista Exame PME e surgiu uma nova discussão sobre o funcionamento ou não do anti-spam e a perda de mensagens importantes por causa dos falso-positivos. Resolvi postar a pergunta e resposta para compartilhar com todos vocês.

Enjoy!

—————————————————-

O anti-spam tem um lado ruim?

Olá pessoal,

Como sou jornalista, algumas assessorias de imprensa costumam me enviar e-mails com sugestões de pauta. Mas fico muito sem graça quando um colega liga perguntando o que achei da sugestão e eu nem vi a mensagem. Percebi que algumas vezes (e eu não sei o porquê) esses e-mails vão direto para a minha caixa de spans. E sempre corro o risco de perder boas pautas com isso.
Amigos que trabalham em empresas diferentes já comentaram que às vezes isso também acontece com eles.
E na empresa de vocês, já deixaram de ler algum e-mail importante por causa do anti-spam? Pensei que pode ser ruim, principalmente para os negócios, se uma mensagem dessas vai para o lixo eletrônico.
Vocês não acham melhor receber os e-mails indesejáveis e simplesmente deletá-los? O excesso de cuidados não pode gerar um problema? Como resolver esse dilema?
Abs.
—————————————————-
Responder até Wellington Watanabe Filho 1 hora atrás
Boa Noite a todos,

 

Tenho certeza de que nós, profissionais de TI, poderíamos escrever um livro sobre este problema, seus “causos”, possíveis soluções, entre outras coisas. Também como profissional da área, não poderia indicar um software ou solução que serviria para todos, pois as soluções variam MUITO de acordo com o perfil do usuário que vivencia o problema, mudam fatores como estes:

. O problema na conta de e-mail particular ou no da empresa ?
. Qual o provedor dos e-mails particulares ?
. Qual o servidor de e-mails utilizado na empresa ?
. Quais as regras adotadas pela TI da empresa ?
. Entre outras infinitas questões….

Sem essas informações, não chegaríamos a montar um perfil para propor uma solução mais adequada ao problema.

Bem, o que tenho feito, nos casos em que me perguntam a respeito, é promover acesso às informações que, na minha opinião, farão de fato a maior diferença no seu dia-a-dia. Saber COMO, ONDE e PORQUE ocorrem os SPAMs é a melhor vacina no meu ponto de vista. Veja, tenho um mesmo endereço de e-mail a mais de 10 anos e hoje, sem ferramenta anti-spam diferente das tradicionais, meu SPAM é mais controlado do que quando cheguei a utilizar três ferramentas anti-spam especializadas ao mesmo tempo.

O que muda para eu ter exito nesta árdua tarefa ?
Passei a conhecer como o SPAM funciona e aí sim criar regras mais inteligentes, além de tomar MUITO CUIDADO com o e-mail que cadastro nas páginas da web, quando liberar esse e-mail ou não para visualização pública, entre outros fatores.

Para não delongar AINDA MAIS, vou sugerir uma leitura prévia e que assistam esses vídeos bem educativos desenvolvidos pela CGI.br (Comite Gestor da Internet no Brasil) e depois continuamos as discussões sobre o assunto com dicas pontuais.

1 – Navegar é preciso
O vídeo trata do funcionamento da Internet, com suas vantagens, riscos e necessidade de proteção, principalmente mecanismos como o firewall.

2 – Os Invasores
Apresenta os tipos de códigos maliciosos e como eles podem entrar no computador do usuário, reforçando que a maioria dos códigos têm mais de um vetor de entrada e por isso mais de uma proteção é necessária.

3 – SPAMs
Aborda os tipos de spam existentes, suas diferenças e malefícios, incluindo códigos maliciosos e fraudes.

4 – A Defesa
O objetivo do vídeo é mostrar ao usuário como se proteger de ameaças e navegar com mais segurança na rede.

Os quatro vídeos podem ser assistidos, baixados e, por favor, COMPARTILHADOS, em diversos tamanhos no endereço:

http://www.antispam.br/videos/#1

Mandem o link abaixo para os Gerentes de TI e/ou Administradores de Redes das suas empresas e peçam para que eles leiam e verifiquem se as políticas de administração dos e-mails corporativos estão de fato seguindo as “boas maneiras” indicadas pelo comitê anti-spam.

http://www.antispam.br/admin/

Fico à disposição para maiores informações.

Abs.

Wellington Watanabe F.
http://www.linkedin.com/in/wwatanabe

[Tools] Atualize seu corretor ortográfico (Microsoft) com as novas regras.

corretor_ortografico

A Microsoft lançou um pacote de atualização para o Verificador Ortográfico do Microsoft Office 2007, que está atualizado com a nova ortografia, que entrou em vigor no dia 1º de janeiro de 2009. Após instalar esta atualização, você poderá usufruir de todos os aplicativos do pacote, como o Word, Excel, PowerPoint e Outlook já com as novas regras de ortografia.

Para isso, é necessário baixar um pacote de atualização, que pode ser encontrado nesta página: http://www.microsoft.com/brasil/office/reforma/home.aspx

Mas para ser mais direto, você pode fazer o download do arquivo aqui: Download


Office_atualiza_corretor

Basta baixar a atualização, e instalá-la. Então, você poderá contar com a correção ortográfica de seus produtos Office atualizada.

Lembrando apenas que esta atualização do Corretor Ortográfico está disponível apenas para o Microsoft Office 2007, e não para versões anteriores.

Entrevista: Baterias de notebook Parte IV – Economize

Olá Pessoal

Nesse vídeo, trecho da entrevista para o programa Olhar Digital (RedeTV). O assunto abordado é sobre as possibilidades de utilização do notebook, enquanto ele estiver na bateria, para prolongar o tempo de carga disponível. Algumas dicas sobre itens como dispositivos USB, que literalmente “sugam” a bateria.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Para preparação deste artigo, me deparei com um software que permite avaliarmos o nível de desgaste da bateria do seu notebook. Vale a pena conferir, além desse dado, poderá controlar consumo de memória, processador, disco, entre outros indicadores.

Faça download do software clicando aqui !!!

[]’s

Entrevista: Baterias notebook Parte III – Modo Espera vs Hibernação

Hi All,

Essa é a parte III da entrevista feita para TV e site sobre bateria de notebooks. Nesse trecho, é tratado a utilização do modo hibernar e “modo de espera” ou Hibernation e Stand-by em inglês.

Muitas pessoas utilizam esses modos de maneira errada. É comum um cliente ou amigo dizer que a bateria não está segurando carga e me descreve: “Guardo o notebook em stand-by e quando chego ao meu destino está desligado, com bateria descarregada e erro no windows !”. Isso ocorre porque o modo de espera (Stand-by) não desliga seu equipamento, ele apenas reduz utilização de energia, o mesmo fica ligado mantendo todo o conteúdo que estava sendo utilizado em memória RAM, que precisa ser alimentada. Ou seja, a bateria descarrega e se chegar a descarregar completamente, vai perder seus trabalhos e o windows terá sido desligado de maneira incorreta.

Já no modo hibernar, todo o conteúdo em memória é gravado em um arquivo em disco, gravando-se toda a instância do computador em disco, podendo desligar completamente o equipamento, que quando for reiniciado voltará exatamente como estava antes da hibernação.

Assista o vídeo e não deixe de acessar o link recomendado, que te levará para um documento da Microsoft explicando com mais detalhes a diferença de cada um desses modos.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Link de Referência:

Use os Modos de Espera e de Hibernação [Microsoft]

[]’s

Entrevista: Baterias de notebook Parte II – Trabalhe com os esquemas de energia do Windows

Hi All,

Essa parte é sobre a utilização dos esquemas de energia do Windows para melhorar o tempo de carga quando o notebook estiver desconectado da AC Adapter (Fonte de Energia).

Qual a importância disso ? Bem, a bateria do notebook é feita de material eletro-químico que tem tempo de vida útil, ou seja, se gasta com o uso e o tempo. Quando utiliza a bateria, é interessante que você utilize a menor carga possível, pois isso irá diminuir o desgaste natural do material eletro-químico.

Tentando ilustrar:

Bateria de Notebook - Tabela

Ou seja, um usuário que utiliza, enquanto na bateria, muita necessidade de carga por brilho na tela alto, processamento alto, leitura de disco alta, etc, ao término de um ano, se fizer ciclo diário (descarga e carga diária), terá a sua carga total (FCC – Full Charge Capacity) igual a 60% do FCC de uma bateria nova. Por outro lado, vemos que o calor causa uma influência negativa maior ainda nesse desgaste, verifiquem o FCC depois de um ano, para um usuário que utiliza-se de base deacoplamento em ambiente de temperatura maior, mesmo que o ciclo seja semanal.

Assista a entrevista e os links que mostram como fazer a configuração dos esquemas de energia no seu Windows.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Links Recomendados:

Planos de Energia – Perguntas mais frequentes – Windows Vista [Microsoft]

Muito parecido no Windows XP e Vista, se tiver alguma dúvida específica para outras versões do Windows envie um comentário que responderei ok !

Abraços.

Hi All,

Essa parte é sobre a utilização dos esquemas de energia do Windows para melhorar o tempo de carga quando o notebook estiver desconectado da AC Adapter (Fonte de Energia).

Qual a importância disso ? Bem, a bateria do notebook é feita de material eletro-químico que tem tempo de vida útil, ou seja, se gasta com o uso e o tempo. Quando utiliza a bateria, é interessante que você utilize a menor carga possível, pois isso irá diminuir o desgaste natural do material eletro-químico.

Tentando ilustrar:

Bateria de Notebook - Tabela

Ou seja, um usuário que utiliza, enquanto na bateria, muita necessidade de carga por brilho na tela alto, processamento alto, leitura de disco alta, etc, ao término de um ano, se fizer ciclo diário (descarga e carga diária), terá a sua carga total (FCC – Full Charge Capacity) igual a 60% do FCC de uma bateria nova. Por outro lado, vemos que o calor causa uma influência negativa maior ainda nesse desgaste, verifiquem o FCC depois de um ano, para um usuário que utiliza-se de base deacoplamento em ambiente de temperatura maior, mesmo que o ciclo seja semanal.

Assista a entrevista e os links que mostram como fazer a configuração dos esquemas de energia no seu Windows.