IBM oferece inglês gratuito para formar mão de obra capacitada

Ferramentas e conteúdo para ministrar as aulas a distância foram desenvolvidos com apoio de parceiro.

Por REDAÇÃO DA COMPUTERWORLD
06 de setembro de 2010 – 08h45

Baseada no fato de que hoje falta mão de obra qualificada no mercado de TI, a IBM optou pela criação de um portal, a partir do qual ministrará cursos online de inglês gratuitos para profissionais do setor. A escolha pelo idioma está relacionada ao fato de que essa é uma das grandes barreiras que as empresas de tecnologia instaladas no Brasil enfrentam na hora de contratar pessoas.

O conteúdo do curso, ministrado no portal TI Smart, foi desenvolvido pelo instituto de idiomas União Cultural Brasil Estados Unidos, que também oferece certificados digitais aos participantes. Além disso, outro parceiro da iniciativa foi a Universidade Federal do Ceará (UFC), que desenvolveu uma ferramenta de reconhecimento de voz específica para a plataforma de e-learning.

Como forma de estimular os estudantes de TI a se capacitar na língua inglesa, a IBM fechou parcerias também com instituições de ensino. O primeiro acordo foi com o Centro Paula Souza, mas o objetivo é expandir as alianças para diversas universidades que ofereçam cursos na área de tecnologia e que usem o curso de inglês para complementar a carga horária dos estudantes.

A IBM projeta que, até o final de 2010, 35 mil estudantes de cursos relacionados à TI participem do curso online.

Quanto aos fatores que motivaram a iniciativa, a fornecedora ressalta que, atualmente, uma das áreas com mais oportunidades de emprego na IBM é a de exportação de serviços, em que o domínio do idioma inglês representa uma competência fundamental aos profissionais.

Vulnerabilidades de segurança bateram recorde no 1.º semestre, aponta IBM

Security

Por MIS Asia
Publicada em 31 de agosto de 2010 às 08h45

As ameaças globais de segurança aumentaram significativamente, tendo alcançado recordes nos primeiros seis meses de 2010, de acordo com relatório de riscos e tendências divulgado por um grupo interno da IBM.

No documento, intitulado “2010 Mid-Year Trend and Risk Report”, a equipe de pesquisa e desenvolvimento X-Force da IBM afirmou que 4.396 novas vulnerabilidades foram registradas entre janeiro e junho de 2010 – um aumento de 36% em relação à primeira metade de 2009.

Cerca de 55% das empresas que informaram tais problemas também indicaram não ter recebido uma correção de seus fornecedores.

Dessas ameaças, as vulnerabilidades de aplicações da web foram as mais frequentes; mais da metade das ameaças publicamente divulgadas – 55% – foram causadas por essas vulnerabilidades.

Além disso, ataques disfarçados ou Advanced Persistent Threats (ameaças persistentes avançadas), que são projetadas para não serem detectadas por mecanismos tradicionais de segurança, aumentaram em sofisticação e têm sido escondidos frequentemente nos formatos PDF e JavaScript. Atividades envolvendo PDF cresceram 37% no primeiro semestre.

O relatório também informou que a atividade de phishing sofreu redução significativa – de mais de 82%, na comparação com 2009 -, mas as instituições financeiras ainda são seu alvo primário, tendo sido mencionadas em 49% de todos os e-mails de phishing.

O relatório da equipe X-Force também identificou as tendências fundamentais que vêm ganhando terreno em segurança. Virtualização e cloud computing são vistos pelo setor como tópicos importantes.

O documento aponta que 35% das vulnerabilidades que afetam os sistemas de virtualização causaram impacto também no hipervisor (monitor de máquinas virtuais), o que significa que os invasores poderiam obter controle de mais de um sistema virtual que roda numa mesma máquina.

Às organizações que pensam em migrar para a cloud computing, a equipe afirma que é importante começar pela definição das exigências de segurança das cargas de trabalho a serem hospedadas na nuvem, para afastar riscos de segurança.

Para o gerente da linha Tivoli da IBM China/Hong Kong, Alex Li, olhar para tendências dinâmicas como essas faz com que seja ainda mais crucial se preparar para o futuro. Li admite que as ameaças estão em alta, mas a indústria tem-se tornado mais vigilante na publicação de alertas, ressaltando seu foco em melhores soluções de segurança e gerenciamento de riscos.

A equipe X-Force é um grupo de pesquisa em segurança que atua dentro da IBM. Desde 1997, ela tem registrado e analisado cerca de 50 mil vulnerabilidades. Seu relatório semestral de riscos e tendências ajudam clientes a se manter informados e a evitar ameaças de segurança.

(Anuradha Shukla)
Fonte: http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2010/08/31/vulnerabilidades-de-seguranca-bateram-recorde-no-1-o-semestre-aponta-ibm/

[Notícia] IBM é líder no mercado brasileiro de serviços e servidores

ibm

Consultoria aponta liderança

De acordo com relatório da IDC, a IBM é líder no segmento de serviços de TI no segundo trimestre de 2009, com 10,4% de participação do mercado em receita (US$). No mesmo período, a IBM também foi apontada como líder no mercado brasileiro de servidores, com 57,8% do market share em receita (US$) – um aumento de 4,2 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.*

A IBM também manteve sua liderança em três segmentos específicos de servidores no segundo trimestre de 2009: servidores Unix, com 69% de market share, em Servidores Blades, com 60%, e em Servidores de grande porte, com 80% do mercado. Todos os dados foram analisados em receita (US$). No mesmo período, a IBM manteve a posição de liderança em Storage, com 25,5% de market share em Discos Externos.

Fonte: Document Management

———————————————————————–

A Bug BusterS é parceira de negócios da IBM a mais de 14 anos. Quer saber mais sobre produtos IBM ? Quer comparar tecnologias entre ou outros fabricantes para saber o que comprar ?

Procure nossos consultores para uma análise gratuita do seu projeto.

11 5572-0044

consultor@bugbusters.com.br

———————————————————————–

 

 

Consultoria aponta liderança
De acordo com relatório da IDC, a IBM é líder no segmento de serviços de TI no segundo trimestre de 2009, com 10,4% de participação do mercado em receita (US$). No mesmo período, a IBM também foi apontada como líder no mercado brasileiro de servidores, com 57,8% do market share em receita (US$) – um aumento de 4,2 pontos percentuais em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.*

A IBM também manteve sua liderança em três segmentos específicos de servidores no segundo trimestre de 2009: servidores Unix, com 69% de market share, em Servidores Blades, com 60%, e em Servidores de grande porte, com 80% do mercado. Todos os dados foram analisados em receita (US$). No mesmo período, a IBM manteve a posição de liderança em Storage, com 25,5% de market share em Discos Externos.

[Vídeo] História do Google em 2 minutos!

Hi All,

Quer melhor história de empreendedorismo e inovação do que a do gigante GOOGLE ?

Google UK publicou um vídeo no youtube com a história de 11 anos do Google, desde que seus fundadores estavam em Stanford até os últimos lançamentos de Google Wave, StreetView e Chrome. O melhor para quem não tem muito tempo, o vídeo tem apenas 2 (dois) minutos.VALE A PENA !!!

Enjoy!

____________________________

[Notícia] Cobertura do IBM Fórum 2009

IBMFORUM

O IBM Forum deste ano foi marcado pelo tema SUSTENTABILIDADE. Dentre excelentes painéis de debate, muitos dados que nos mostram problemas atuais e como a tecnologia pode ajudar o mundo a realmente trabalhar de maneira mais inteligente.

Como não podia ser diferente, a Bug BusterS esteve presente no evento, representada por mim, pelo especialista senior em tecnologia IBM José Gilson Malta de Sá Junior, pelo especialista Anderson Vecchia e pela vendedora Juliana Luna.

Vale a pena conferir os detalhes no site com a cobertura completa do evento.

Enjoy!

———————————————

IBM Forum

[Video] IBM system x platform

Hey All,

A IBM tem feito esforços continuos para ajudar as empresas de todos os portes a crescerem de uma maneira sustentável, tornando o acesso a tecnologia de ponta das grandes empresas para os pequenos e médios negócios.

Segue um vídeo do Sergio Amoni sobre essas iniciativas e os investimentos da IBM nessa plataforma.

Enjoy!

———————————————————————

———————————————————————

Promoção para leitores e cadastrados no Blog:

IBM Server 141009 WF

IBM anuncia desenvolvimento de chip que lê DNA

DNA

DNA

Hi All,

Mais notícias sobre as investidas da IBM rumo à liderança em projetos de inovação.

Acompanhem, atualizem-se, comentem !

Enjoy!

——————————————–

A IBM pretende desenvolver um microchip que terá a capacidade de ler o DNA humano. O objetivo do projeto é desenvolver o tal leitor pessoal de DNA por um custo entre US$100 e US$1.000 cada (algo entre R$175 e R$1.750, no câmbio de hoje). Como parâmetro de comparação, o primeiro seqüenciador de DNA, o do Projeto Genoma Humano, custou pelo menos 3 bilhões de dólares.

As tecnologias que possibilitam a leitura rápida, barata e amplamente disponível do DNA têm o potencial de revolucionar a pesquisa bio-médica e ser o prenúncio de uma era de medicina personalizada”, declarou hoje Gustavo Stolovitzky, pesquisador da IBM.

A tecnologia utilizada baseia-se nos chamados nanoporos, orifícios nanométricos feitos no chip, através dos quais passariam moléculas do tecido a ser analisado pelos sensores que seqüenciariam o DNA.

Estima-se que a tecnologia esteja disponível em 5 a 10 anos. A medicina personalizada permitiria um tratamento mais adequado a pacientes, possibilitando que o médico baseie o tratamento em peculiaridades que só um exame genético poderia assegurar. Considerando o baixo custo do aparelho e o curto tempo para analisar o DNA (estima-se que cerca de 1 minuto), os pesquisadores da Big Blue esperam que a tecnologia acabe sendo amplamente utilizada e traga grandes benefícios à área de saúde.

Fonte: [ComputerWorld]