• COMPARTILHE !

    Bookmark and Share
  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 1 outro seguidor

  • Twitter

  • RSS Blog Pessoal – Wellington Watanabe Filho

    • 5 dicas de empreendedores para unir inovação ao lucro 03/05/2011
      Olá PessoALL, Estava pesquisando um pouco sobre inovação e me deparei com um artigo da Ernst & Young que eu já havia replicado no passado. Lições que com certeza continuam válidas. ——————————- “Com base nos relatos dos empreendedores, a Ernst & Young destacou ainda as cinco lições para conectar inovação e lucro. Confira: 1. Não [&hellip […]
    • Leitura: Recomendação de leitura sobre Inovação 29/04/2011
      Olá PessoALL, Estava revendo alguns posts antigos de um outro blog e achei um artigo publicado por um amigo e professor, que tive o prazer de conhecer durante o MBA na FAAP, Maurício Andrade de Paula, sobre o tema inovação. Na mesma linha do Waldez Ludwig, o Maurício traz a tona a importância de começarmos [&hellip
    • Depoimento de José Galló, CEO da Renner, sobre empreendedorismo ! 26/04/2011
      Hi All, É sempre bom rever um vídeo com o depoimento do José Galló, CEO da Renner, sobre a importância e o que seria, na visão dele, o “empreendedorismo” e sua importância para o país. Com certeza uma visão que só acrescenta ao tema, com o peso da experiência de um profissional com a bagagem [&hellip
    • Smarter Planet – IBM por um planeta mais inteligente 19/04/2011
      Sempre inovando, a IBM mantém um programa com o objetivo de promover a sustentabilidade através da aplicação da tecnologia em todo o planeta, buscando idéias mais inteligentes e efitivas. A Smarter Planet é uma visão da IBM que visa um disseminar novas maneiras de interação tecnológicas para o progresso do planeta. Cada interação representa a chance [&he […]
    • [Artigo] Quantas opções você fornece ao seu cliente ? 15/04/2011
      Todo empreendedor deve ser um vendedor na maior parte do tempo, por isso, seguirão alguns posts sobre dicas de vendas e marketing para ajudá-los a se manter atualizados. Para os executivos de negócios, acreditam que, mesmo em outras áreas, o que importa para sua empresa é algo diferente de vendas ? Atualizem-se, mudem o discurso, [&hellip

[Artigo] A tecnologia como aliada da sustentabilidade

green

Hey All !

Na onda da SUSTENTABILIDADE, recebi um artigo interessante abordando o tema sob a ótica da Tecnologia da Informação. Bastante interessante, aborda itens como GED, Green IT, Virtualização, entre outros temas atuais no mundo tecnológico quando o assunto é sustentabilidade. Espero que leiam e comentem sobre as ações que sua empresa está tomando para se antecipar ao mercado com relação ao tema !

Enjoy

—————————————-

*Por Waldir Arevolo

Fonte: HDI Brasil

Há muito tempo ouvimos falar que as empresas devem adotar o modelo de TI Verde ou Green IT. E esse, sem dúvida, será tema frequente nos próximos anos, apesar de ações práticas ainda serem incomuns. O momento de instabilidade financeira, que teve início em outubro do último ano, trouxe uma abordagem diferente sobre o assunto e está exigindo melhor posicionamento de TI. Além dos fatores econômicos e tecnológicos, os novos modelos e serviços oferecidos pelo mercado, como virtualização e cloud computing, apontam para resultados ecologicamente mais eficazes além da necessária redução de custos.

Agora a economia aponta para o reaquecimento dos negócios e as novas mudanças estão “despertando” com mais frequência o conceito verde nas empresas. A área de Tecnologia, que era apontada como a principal vilã em consumo de energia, nesse momento é capaz de ajudar as companhias a buscarem sustentabilidade. O que muitas companhias ainda precisam descobrir é como aplicar as ferramentas existentes e tecnologias emergentes para a obtenção de benefícios quantitativos e qualitativos.

Imagine quando tínhamos em nossas casas aquela enorme pilha de fitas cassete ou mesmo aquelas estantes com dezenas de fitas de videocassete. Agora, compare tudo isso às dimensões de custo, tamanho e de armazenamento de um pen drive de 16 GB em que você pode carregar filmes,  todas as músicas que tinha naquele universo antigo e, ainda, ter espaço para carregar documentos e fotos. Enfim, um conglomerado de informações em uma peça com menos de cinco centímetros. Analogicamente, além das dimensões tradicionais já mencionadas, o momento e o mercado determinam a ênfase da dimensão “sustentabilidade”,  a qual as empresas têm o desafio de buscar e demonstrar.

Um exemplo prático disso é a tecnologia Voip, ou Voz sobre IP, que permite ligações por meio da internet e proporciona diminuição sensível nos gastos. O desafio está justamente em ir além de divulgar a redução dos custos conhecidos e promover os benefícios obtidos em outras dimensões, tais como o tempo, o deslocamento e o número de viagens realizadas com a aplicação da comunicação por áudio e vídeo através do IP.

Na mesma direção, a virtualização de servidores tem se mostrado grande parceira das empresas, não só pela redução de custos que é capaz de apresentar, mas também pelo fato de que, em momentos de contingência ela pode ser a garantia para respostas urgentes, como por exemplo, operações de backups. O fato é que o gerenciamento de um menor número de servidores possibilita que as empresas desempenhem suas atividades de maneira mais ágil, otimizando processos e melhorando o desempenho. Dessa forma, tornando a operação mais competitiva e os benefícios potencialmente mais “verdes”.

O que falar do GED então? O Gerenciamento Eletrônico de Documentos também se apresenta como forma de redução de custos, de tempo e de espaço, sendo forte aliada a dimensão sustentabilidade.  GED vai muito além de quantificar resultados com a digitalização de documentos e redução do número de cópias impressas  O modelo proporciona a captura, a organização e o armazenamento de documentos eletronicamente garantindo o acesso e, principalmente, a pesquisa dinâmica de  informações necessárias na hora exata em que os negócios demandam.

A recuperação de informações em tempo real se torna cada vez mais crítica e já é observada como fator competitivo por clientes e consumidores que valorizam as dimensões tempo e acuidade.

A redução de erros e otimização dos processos, possibilitando inclusive a recombinação de informações e o aumento do índice de inovação das empresas, são mais alguns exemplos dos benefícios que o GED pode trazer. Para empresas mais focadas em métricas, inclusive para a demonstração de sustentabilidade, se contabilizarmos  papéis e documentos fisicamente transportados por vias terrestres, por meio da aplicação do GED é possível evitar o deslocamento de pessoas, reduzir o consumo de combustível e principalmente minimizar o desgaste do meio ambiente. Quantas folhas são necessárias para imprimir o conteúdo que está naquele pen drive de 16 GB? É impossível contar.

Já existe uma simpatia estabelecida pelo conceito de sustentabilidade. É necessário agora que as empresas percebam que esse modelo não significa custos mais altos, pelo contrário. Mais uma vez, quem souber aplicar as tecnologias e os conceitos alinhados com  “verde”, poderá se diferenciar no mercado.

A tendência é que mais tecnologias e modelos de negócios, tais como cloud computing, virtualização e a própria gestão de documentos continuem a enfatizar resultados econômicos e quantificáveis para os negócios, entretanto, o maior desafio continuará a ser a demonstração dos consequências qualitativas e de sustentabilidade que o mercado consumidor valorizará cada vez mais nos próximos anos.

Organizando e racionalizando os processos, gerenciando as informações e inovando com novos produtos e serviços, as empresas certamente se tornarão mais resistentes e competitivas para vencer os desafios advindos das transformações econômicas. Buscar a evolução dos negócios dentro da própria transformação do mercado é uma das principais diretrizes para esse momento.

*Waldir Arevolo é consultor sênior da TGT Consult

Anúncios

[Notícia] Cobertura do IBM Fórum 2009

IBMFORUM

O IBM Forum deste ano foi marcado pelo tema SUSTENTABILIDADE. Dentre excelentes painéis de debate, muitos dados que nos mostram problemas atuais e como a tecnologia pode ajudar o mundo a realmente trabalhar de maneira mais inteligente.

Como não podia ser diferente, a Bug BusterS esteve presente no evento, representada por mim, pelo especialista senior em tecnologia IBM José Gilson Malta de Sá Junior, pelo especialista Anderson Vecchia e pela vendedora Juliana Luna.

Vale a pena conferir os detalhes no site com a cobertura completa do evento.

Enjoy!

———————————————

IBM Forum

Hora Certa !

Tivemos, nesse fim de semana, a mudança dos nossos relógios para o “horário de verão”. Criado para economizar energia (que faltava), e hoje sob uma perspectiva de SUSTENTABILIDADE, nós brasileiros já nos acostumamos com essas mudanças. Bom, para facilitar os que utilizam as horas em outros lugares do munda também, replico aqui uma coletânia postada em Agosto no blog do Carlos Romero.

Enjoy!


Hora Oficial do Brasil

Um serviço prestado pelo Observatório Nacional, além do horário, pode-se ter os mapas com e sem o horário de verão.

ClockLink

Deslize o mouse sobre a região ou país do qual você pretende saber o horário.
Na aba “Galleru” você poderá encontrar os código dos widgets para colocar um relógio em seu site / blog.

TimeZoneCheck

Mapa com visual enxuto, que indica os fusos horários nas diversas regiões do globo.
No campo de pesquisa, digite o nome de uma cidade para visualizá-la no mapa.

24TimesZone

Clique nos pontinhos amarelos no mapa e o site apresentará rapidamente o horário da cidade indicada. Clique em “Settings” no canto superior do mapa para configurar o site de acordo com as suas preferências.

Qlock

Além dos fusos horários, você poderá observar no mapa as regiões do planeta onde há a incidência do sol e aquelas outras em que é noite plena.

Official US Time

Para quem vai viajar aos Estados Unidos, este site é ideal para familiarizar-se com os fusos que cobrem o extenso território daquele país.

Time and Date

O horário em diversas cidades do planeta. Dê um refresh na página para atualizar os dados.

Smarter Planet – IBM por um planeta mais inteligente

Smart Planet - IBM

Sempre inovando, a IBM lança novo programa, agora com o objetivo de promover a sustentabilidade através da aplicação da tecnologia em todo o planeta, buscando idéias mais inteligentes e efitivas.

A Smarter Planet é uma visão da IBM que visa um disseminar novas maneiras de interação tecnológicas para o progresso do planeta. Cada interação representa a chance de fazer algo melhor, mais eficiente, mais produtivo para que os sistemas tornem-se mais espertos. As iniciativas abordam os mais diversos campos como energia, educação, cidades, telecomunicação, saúde, tráfego, alimentação, água, segurança, infraestrutura, computação em nuvem e outras. Para acessar o conteúdo do programa em português, clique aqui.

Enjoy !