• COMPARTILHE !

    Bookmark and Share
  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 1 outro seguidor

  • Twitter

    • Encerrando mais um dia longo e muito proveitoso! A Bug BusterS participou como Apoiadora do 8° encontro do Grupo de Parceiros Empreendedore… 2 weeks ago
    • A Bug Busters Tecnologia marcou presença em mais um encontro GPESP, apoiando empreendedores de São Paulo em somar … ift.tt/2sqbMus 2 months ago
    • @zohocares Help me to get my referral bonus. All "green checks" are ok but the Credited Status don't! administrador @koumei.com.py 3 months ago
    • @zoho Didn't give the referrals ! Our customer send a referral to another company, the second did everything but they didn't credit it ! 3 months ago
    • Ataque mundial em massa ! É bom nos acostumar com isso ! Antes uma camada mais simples de antivirus era suficiente… ift.tt/2q9XvzV 4 months ago
  • RSS Blog Pessoal – Wellington Watanabe Filho

    • 5 dicas de empreendedores para unir inovação ao lucro 03/05/2011
      Olá PessoALL, Estava pesquisando um pouco sobre inovação e me deparei com um artigo da Ernst & Young que eu já havia replicado no passado. Lições que com certeza continuam válidas. ——————————- “Com base nos relatos dos empreendedores, a Ernst & Young destacou ainda as cinco lições para conectar inovação e lucro. Confira: 1. Não [&hellip […]
    • Leitura: Recomendação de leitura sobre Inovação 29/04/2011
      Olá PessoALL, Estava revendo alguns posts antigos de um outro blog e achei um artigo publicado por um amigo e professor, que tive o prazer de conhecer durante o MBA na FAAP, Maurício Andrade de Paula, sobre o tema inovação. Na mesma linha do Waldez Ludwig, o Maurício traz a tona a importância de começarmos [&hellip
    • Depoimento de José Galló, CEO da Renner, sobre empreendedorismo ! 26/04/2011
      Hi All, É sempre bom rever um vídeo com o depoimento do José Galló, CEO da Renner, sobre a importância e o que seria, na visão dele, o “empreendedorismo” e sua importância para o país. Com certeza uma visão que só acrescenta ao tema, com o peso da experiência de um profissional com a bagagem [&hellip
    • Smarter Planet – IBM por um planeta mais inteligente 19/04/2011
      Sempre inovando, a IBM mantém um programa com o objetivo de promover a sustentabilidade através da aplicação da tecnologia em todo o planeta, buscando idéias mais inteligentes e efitivas. A Smarter Planet é uma visão da IBM que visa um disseminar novas maneiras de interação tecnológicas para o progresso do planeta. Cada interação representa a chance [&he […]
    • [Artigo] Quantas opções você fornece ao seu cliente ? 15/04/2011
      Todo empreendedor deve ser um vendedor na maior parte do tempo, por isso, seguirão alguns posts sobre dicas de vendas e marketing para ajudá-los a se manter atualizados. Para os executivos de negócios, acreditam que, mesmo em outras áreas, o que importa para sua empresa é algo diferente de vendas ? Atualizem-se, mudem o discurso, [&hellip

Dicas para comprar tecnologia nas Pequenas e Médias Empresas

Estava pesquisando sobre esse assunto pra ver se era uma coisa já “batida” na Internet ou se seria de valor para os empresários que nos acompanham saber algumas dicas sobre este tema. Como não encontrei nada com o foco que queria, vamos às considerações.

Como sabem, somos uma empresa de tecnologia, então, vender produtos e serviços, avaliar necessidades reais, orientar os clientes em suas compras, é uma GRANDE parte do nosso trabalho. O que ocorre, e que normalmente brinco com nossos clientes no pré-venda de nossos serviços de assessoria e no pós-venda quando o fato ocorre, é que seremos nós, os fornecedores, que normalmente diremos: “Calma, será que sua empresa realmente precisa disso ?”.  Ninguém acredita até a primeira vez. Nós não mantemos um departamento de vendas de “ferragem” como chamamos, ou seja, o foco da Bug BusterS não é ganhar dinheiro com venda de hardware e software, como vendemos consultoria em gestão de TI, não podemos ter um conflito de interesse e “empurrar” produtos aos clientes se, de fato, não precisarem deles.

Alguns pontos que trago aos nossos clientes para terem certeza de sua compra e para definir qual o melhor produto para seus negócios.

. Será que o produto que quer comprar é o mais necessário para o momento ou é uma compra por impulso ?

Com essa questão, remetemos o cliente a avaliar o seu PETI (Planejamento Estratégico de TI). Como um princípio básico da administração, é importante manter e consultar seu planejamento na tomada de decisões. O PETI mantém uma análise aprofundada de todo o parque tecnológico da empresa, apontando todas as necessidades de TI, desde as mais básicas como upgrades em algumas estações, até a implementação de uma extranet para oferecer aos vendedores externos acesso às informações de negócio, ratificando o objetivo do negócio de aumentar o marketing share naquele ano.

Em suma, é importante consultar sua lista de necessidades primárias para fugir de compras por impulso e investir naquilo que vai dar os melhores resultados para a empresa.

. Se é importante e necessária a compra, quais os benefícios reais que essa solução deve trazer e como irá medir os resultados ?

Neste quesito, trazemos a reflexão sobre quais os benefícios a solução deverá trazer ao negócios. Essa reflexão é importante para definirmos como vamos medir, o que e a quem deveremos cobrar para que o investimento traga o retorno esperado para o negócio. Se escolheu investir em uma solução de segurança, por exemplo, deverá saber o quanto sua empresa se beneficiará para conseguir medir o retorno sobre este investimento e é importante saber como irá medir, para que tome as medidas complementares que garantirão o sucesso desta nova solução.

O que mais vemos, é o empresário fazer um investimento que julga necessário, mas os responsáveis pela implementação não possuem visão do negócio suficientes para alertar e assessorar o cliente nos passos adicionais que deverão ser dados para que a solução proposta traga de fato benefícios para a empresa. Como no exemplo, uma solução de segurança deve cobrir itens como Termo de Uso de Recursos Tecnológicos para instruir os usuários sobre o uso da TI, o que pode ou não pode ser feito, levantamento sobre quais recursos serão ou não liberados, para quais usuários, etc. É mais fácil dizer pro cliente que ele precisa de uma Firewall, que irá “pegar” os usuários que estão navegando em orkut, facebook, etc, ao invés de orientá-lo que os primeiros passos são para aumentar a maturidade da empresa sobre como ela utiliza os recursos disponíveis.

. Qual a melhor solução para as necessidades da empresa ?

Uma vez sabendo que o investimento é necessário, quais são e como iremos medir os resultados e tendo analisado todas as ações adicionais que a empresa deverá tomar para garantir o retorno sobre o investimento, chega a hora de escolher a solução. Marca ? Características ? Suporte ? Garantia ? Preço ? O famoso, “meu amigo disse que é bom” ? Ou aquele “sei que meu concorrente utiliza”  ? Que tal um pouco de tudo ?

Investimento: A escolha da melhor solução está baseada em um conjunto de vários fatores. Se sabemos como vamos medir, temos uma idéia de qual o retorno que a empresa terá, e isso torna possível uma visão da capacidade de retorno financeiro desta solução. Por exemplo, se uma solução de controle de Internet (segurança) trouxer 15% de produtividade para o escritório, é possível saber quanto isso significa em valores para a empresa e é com esses números, somados à capacidade de fluxo de caixa da empresa, que deverá ser tomada a decisão de investimento.

MARCA, SERVIÇOS, GARANTIA, SUPORTE, entre outros itens serão tratados nos próximos artigos. Aguardem !

Abraços e ótima semana a todos.

Enjoy !

Wellington Watanabe Filho

——————————————

Perguntas, comentários, críticas, opiniões, qualquer coisa:

ENTRE EM CONTATO: consultor@bugbusters.com.br

ou

11 5572-0044

Anúncios

[O que é?] Cloud Computing ou Computação nas Nuvens

A mídia tem, a algum tempo, chamado a atenção sobre a computação nas nuvens (cloud computing). Percebi que esses termos já sairam no meio “técnico” para o meio “business” quando alguns clientes mais atualizados começaram a me perguntar a respeito dessa nova “onda tecnológica”, então acredito que seja hora de trazermos alguma explicação a respeito, com uma linguagem business e não tecniquês.

Encontrei um vídeo bastante simples e explicativo sobre Cloud Computing no site do Olhar Digital. Abaixo o link do vídeo de 4min e entrevista com especialista da LocaWeb explicando o que seria Cloud Computing.

Cloud Computing: Sabe o que é isso ? [fonte: Olhar Digital]

Para os que gostam de se aprofundar um pouco mais no assunto, seguem dois links com referências bem explicadas sobre o tema:

[fonte: IDGNow] Cloud computing: entenda este novo modelo de computação

[fonte: ComputerWorld] Cloud Computing: Prepare-se para a nova onda em tecnologia

Nós já estamos avaliando nos novos projetos e nas definições dos PETIs, (Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação) antigo PDI (Plano Diretor de Informática), as possibilidades de uso de Cloud Computing nos clientes em que gerenciamos a área de TI ou prestamos consultoria especializada.

Não fique fora dessa! Entenda já o assunto e entre em contato para conversarmos a respeito.

Boa Semana.

[ Clientes ] 10 perguntas para Deniz Omurgonulsen

“A executiva turca Deniz Omurgonulsen é assediada por onde passa, principalmente quando está hospedada em algum hotel. Explica-se: aos 30 anos ela ocupa o cargo de diretora do The Leading Hotels of the World, empresa que atesta a qualidade de 450 hotéis de luxo ao redor do mundo, e define quem entra ou sai desse seleto grupo. Os critérios vão do sorriso do recepcionista à limpeza. Nesta semana, ela chega ao Brasil, mas antes encontrou tempo para dar a seguinte entrevista à DINHEIRO:

Leia a entrevista na integra clicando aqui [por Natália Leão]

————————————————————————————-

A Leading Hotels of the World (LHW) é muito além de uma empresa que presta serviços à classe A+ [VIP], é uma marca, uma certificação de qualidade para hotéis de luxo. Quando começamos a trabalhar com a LHW a mais de 5 anos atraz, não entendia o motivo de uma estrutura tecnológica daquele porte para uma empresa que fazia “reserva” em hotéis de luxo. Depois de entender o que de fato é a LHW, marca que não fazia parte do meu meio mas que com certeza é conhecida pela STAFF das melhores e maiores organizações e, claro, pelas celebridades, passei a entender a preocupação com todo seu sistema de informação.

O projeto de renovação do parque tecnológico foi aprovado pela unidade em NY, em grande parte pelo apoio de seu principal executivo no Brasil, Sr. João Annibale. Os excelentes resultados e grande empenho em fazer com que a unidade no Brasil se tornasse uma referência de boa administração e condução dos negócios trazem ao João Annibale uma reputação pautada em resultados e seu apoio muito nos facilita quando nossas idéias em tecnologia fogem das requisições usuais das unidades de mesmo porte da unidade brasileira e é necessário um processo detalhado de explicações pelos responsáveis mundiais pela TI.

A LHW entende muito bem a importância dos dados e sistemas de informação, pois são a matéria prima para seu trabalho. Quanto maior a qualidade nos dados, maior a qualidade do produto final, que neste caso, é o atendimento ao cliente. A preocupação com a segurança dos dados é constante, assim como a exigência na qualidade do suporte técnico para seus sistemas.

Conheçam mais sobre a Leading Hotels of the World no seu site oficial e sobre as dificuldades em selecionar os hotéis que recebem seu selo de qualidade na matéria da DINHEIRO. São apenas 7 (SETE) aprovados no Brasil !!!

Abraços.

[ Clientes ] Sabie desponta na frente…

É sempre um prazer para nós acompanhar os passos de um parceiro de longa data como a Sabie. Parabenizamos a Sabie e sua nova estrutura de profissionais, por fazer o mercado passar a acompanhar mais de perto o crescimento de uma empresa de quase 80 anos de mercado, e uma das marcas  líder no segmento têxtil. Esperamos continuar a apoiá-los por muito mais do que os 6 anos em que já estamos juntos.

No planejamento de 2009 da Sabie, destacam-se projetos de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) identificados pela Bug BusterS como fundamentais para que a empresa possa atingir seu objetivo de  22% de crescimento para este ano. Os projetos destacados foram os investimentos de infra-estrutura para potencializar a força de vendas e melhoria nos sistemas de comunicação. Existem outros projetos de grande importância que serão executados e divulgados ainda este ano.

Os trabalhos estão sendo coordenados pelo especialista da Bug BusterS, Eduardo Menocio, responsável por identificar as necessidades de negócios da empresa e conduzir, junto com toda a equipe de especialistas técnicos e gerentes de projetos, os estudos sobre os investimentos em tecnologia necessários para que a Sabie possa atingir seus objetivos. Menocio ainda é responsável pelo gerenciamento da equipe de tecnologia da Sabie, composta pelos profissionais André Rodriguez (BI Specialist – QlikView), Renato Santo (ERP Analyst) e Paulo Almeida (Service Desk Analyst), colaboradores da Bug BusterS. Isso ratifica a escolha certa da Sabie por fazer o Outsourcing completo da área de tecnologia, deixando essa responsabilidade com um parceiro de confiança e se dedicando totalmente ao seu core business.

Destaques da Sabie na mídia:

Revista Hotéis destaca artigo sobre projetos de crescimento da Sabie para 2009:

Sabie, cliente da Bug BusterS, se destaca na midia.
Sabie, cliente da Bug BusterS, se destaca na mídia.

Notícia do Meio e Mensagem destaca Sabie como um dos patrocinadores do Brasil Open 2009:

Sabie, cliente da Bug BusterS, destaca-se na midia.
Sabie, cliente da Bug BusterS, destaca-se na mídia.

Blog Audiência na TV destaca Sabie entre patrocinadores do Brasil Open de 2009 :

http://audienciadatv.wordpress.com/2009/02/07/record-news-transmite-torneio-de-tenis/

Continuaremos a divulgar os passos de nossos parceiros (clientes, fornecedores e colaboradores) no seu caminho para o sucesso.

Abraços a todos e ótima semana.